Como controlar a ansiedade? Entenda o tratamento
Foto Wilton de Andrade
Escrito por
Wilton de Andrade
Última atualização
02/04/2024
Logo da Pill

Aprenda como controlar a ansiedade

Aprender a controlar a ansiedade tem se tornado o objetivo de muitas pessoas, especialmente por vivermos em um mundo que parece cada vez mais acelerado.

Embora a ansiedade seja comum a todo ser humano, quando ela se torna incapacitante e impacta profundamente a vida do sujeito, é importante considerar o tratamento para ansiedade.

Neste texto, vamos esclarecer esses aspectos para te ajudar na compreensão do tratamento e do controle da ansiedade. Acompanhe.

 

A ansiedade tem tratamento?

Sim, a ansiedade tem tratamento e este pode englobar três pilares, dentre outros que forem recomendados pelo seu médico, que são:

  • Psicoterapia, com psicólogo ou psiquiatra;
  • Tratamento com remédios para ansiedade;
  • Mudanças no estilo de vida.

Como a ansiedade pode ser considerada uma condição de saúde mental multifatorial, ou seja, que está associada a muitos fatores, como história de vida, rotina, inteligência emocional, entre outros aspectos, ela necessita de uma atuação mais ampla no momento do tratamento.

Por isso, tanto a prática dos profissionais da saúde quanto as atitudes do próprio paciente podem influenciar na evolução e nos resultados dos tratamentos.

Sendo assim, para tratar a ansiedade, é importante que o indivíduo engaje no tratamento que lhe for sugerido pelo profissional da saúde. No próximo tópico, esclarecemos alguns desses tratamentos.

 

Como tratar a ansiedade?

Como mencionamos acima, o tratamento para ansiedade pode estar relacionado a alguns pilares diferentes. 

A seguir, descrevemos, com mais detalhes, cada um desses pilares, para que você possa compreendê-los e, se necessário, buscar orientação de um profissional da saúde de sua confiança:

Psicoterapia

A psicoterapia, feita com o acompanhamento de um psicólogo, é um dos principais pilares do tratamento para ansiedade.

Durante as sessões, o profissional auxilia o paciente na compreensão, ressignificação e até mesmo alteração de pensamentos, comportamentos, hábitos, etc.

Também é possível escutar as emoções e sentimentos envolvidos com os casos de ansiedade, compreendendo cada uma de forma mais profunda, o que pode possibilitar um maior controle emocional.

Trata-se de um espaço de apoio, escuta e suporte, no qual o paciente poderá lidar com a sua ansiedade por meio de técnicas cientificamente comprovadas.

Tratamento medicamentoso

Além da psicoterapia, o tratamento medicamentoso também pode ajudar a controlar a ansiedade. Nesse caso, podemos simplificar e dizer que existem duas possibilidades:

  • Tratamento com prescrição médica: Nos dias atuais, encontramos uma grande variedade de remédios para ansiedade, que são classificados como faixa preta. Esses remédios visam reduzir a tensão e proporcionar um maior relaxamento, reduzindo os sintomas dos quadros ansiosos, atuando nos neurotransmissores cerebrais, por exemplo.
  • Tratamento sem prescrição médica: Existem medicamentos considerados naturais, que são chamados de fitoterápicos, que podem ser usados em casos de ansiedade. Como exemplo, temos a Passiflora. No entanto, apesar de ser um medicamento extraído de plantas, ainda assim pode apresentar efeitos colaterais. Por isso, o melhor caminho, para encontrar o tratamento para ansiedade com base em remédios, é buscar orientação médica. A automedicação pode ser bastante perigosa.

Mudanças no estilo de vida

As mudanças no estilo de vida também são importantes no que diz respeito ao tratamento para ansiedade. Nesse caso, podemos considerar aspectos como:

  • Mudanças alimentares: De acordo com Rocha, Myva e Almeida (2020), a qualidade da dieta das pessoas com ansiedade impacta diretamente os sintomas. Sendo assim, um nutricionista pode auxiliar na construção de uma dieta que priorize micronutrientes como zinco, magnésio, vitaminas A, C, D, E e do Complexo B para auxiliar no equilíbrio cerebral e consequentemente psíquico do indivíduo.
  • Prática de exercícios: Em um estudo publicado no Brazilian Journal of Psychiatry, que pode ser acessado por este link, é ressaltado o quanto a inclusão da prática de exercícios físicos pode contribuir para uma maior qualidade da saúde mental. Por conta disso, mudanças no estilo de vida, como deixar de lado o sedentarismo, podem contribuir para o tratamento da ansiedade.
  • Cuidados com o sono: O sono também é um pilar importante que deve ser considerado nas mudanças de estilo de vida. Um estudo publicado no ISPA - Instituto Universitário, há o detalhamento de jovens que apresentavam maior índices de ansiedade quando não praticavam uma boa higiene do sono ou tinham dificuldades para dormir. O estudo conclui que cuidar da saúde do sono é um dos pilares para prevenir e reduzir a ansiedade.
  • Além dessas mudanças, profissionais da saúde poderão orientar outras alterações na rotina do paciente para controlar a ansiedade.

     

    Qual o melhor tratamento para ansiedade?

    Como vimos, existem diferentes tipos de tratamento para a ansiedade que podem, inclusive, serem colocados em prática ao mesmo tempo.

    Sendo assim, é inviável dizermos que existe uma melhor ou pior opção. Cada paciente possui uma relação única com a sua ansiedade, e isso é levado em conta no momento em que o médico ou psicólogo constrói e desenvolve o plano de tratamento.

    Por conta disso, o melhor caminho para obter informações sobre o tratamento ideal para o seu caso é, justamente, conversar com profissionais da saúde capacitados.

    Lembre-se, você merece um tratamento personalizado e que seja verdadeiramente um suporte para o seu caso.

    Como controlar a ansiedade naturalmente?

    Além de considerar os tratamentos para a ansiedade, também podemos adotar algumas práticas em nossa rotina que possam contribuir para a redução da ansiedade. Por meio desses hábitos positivos, torna-se possível reduzir as crises naturalmente.

    Lembrando, apenas, que estas dicas não substituem o tratamento feito com acompanhamento de um especialista. São apenas boas práticas de saúde que podem contribuir para a redução dos sintomas e aumentar a qualidade de vida.

    Confira mais detalhes: 

    • Autoconhecimento e autocuidado: Conhecer os principais gatilhos da ansiedade e buscar compreender o que eles significam para você pode ser um começo. Quando compreendemos as nossas emoções mais a fundo, podemos praticar o autocuidado baseando-se nesses conhecimentos. Consequentemente, priorizamos o que verdadeiramente pode ser benéfico para nós. Por exemplo, se você sente muita ansiedade por conta do trabalho, pode buscar identificar por quais motivos está se sentindo dessa forma, praticando o autocuidado ao implementar mudanças positivas na maneira de organizar a sua agenda.
    • Respeito aos limites: Todos nós temos limites, emocionais e físicos, e merecemos dizer "não" quando alguém os ultrapassa. Não permita que outros sobrecarreguem você e respeite as suas características. Obviamente, podemos buscar ultrapassar nossos limites para crescermos, mas sempre de forma respeitosa, gradativa e que não cause prejuízos à nossa saúde.
    • Respiração e mudança de foco: Nos momentos em que a crise de ansiedade estiver intensa, podemos considerar a técnica de respirar fundo e lentamente, observando o entra e o sai do oxigênio em nossos pulmões. Isso nos ajuda a mudar o foco e nos trás para o momento presente, deixando os pensamentos de devaneio um pouco de lado.
    • Hábitos saudáveis: Como vimos ao longo deste conteúdo sobre como controlar a ansiedade, a inclusão de hábitos saudáveis na rotina faz toda a diferença. Cuide do seu sono, pratique um hobby, alimente-se bem e descanse. Isso tudo pode fazer uma grande diferença.

    Esperamos que este guia possa te ajudar no enfrentamento da ansiedade. Mas lembre-se, as dicas e informações aqui contidas não substituem as orientações do seu médico ou de outro especialista.

     

    Pill, somos a parceria ideal para a sua saúde

    Na Pill, nosso foco é em melhorar a vida das pessoas, democratizando o acesso à saúde e aos serviços da farmácia. Nós nos preocupamos com nossos pacientes e queremos fazer parte do seu cotidiano, facilitando sua vida. É um prazer cuidar todos de vocês.

    Para ser atendido, basta mandar a sua dúvida no nosso WhatsApp: (11)99999-0380. Visite nosso site e monte sua cesta de remédio e coloque tudo no automático com o nosso serviço de Compra Recorrente: pill.com.br, sua caixa de remédio renovada todo mês.

    Observação: este conteúdo não se destina a substituir aconselhamento, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Sempre procure o conselho de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado com qualquer dúvida que possa ter sobre uma condição médica.

     

    Produtos relacionados

     

    FAQ: perguntas frequentes sobre como controlar a ansiedade